Playlist Outubro Rosa: Cinco músicas de empoderamento feminino


Ola pessoas!

Então…

Lembra  do post sobre a #psiquewoman que eu fiz uma publicação relatando que haveria mais temas sobre mulheres aqui?

Esse é o nosso primeiro post desta série e para dar uma levantada na autoestima, que tal começarmos com uma playlist maravilhosa para da um power até os próximos posts?

Bora lá?!

1-Run the World (Girls)- Beyoncé
A primeira música vai ser da musa master e super feminista Beyoncé, uma mulher incrível que luta pelo empoderamento feminino e também pela raça negra, segue abaixo a música e um trechinho traduzido desse hino.

Garotas, nós comandamos essa merda (sim!)
Quem comanda o mundo? Garotas! (Garotas!)

2-New Rules- Dua Lipa
A segunda música e o hit do momento que ta tocando em todas as rádios mundo a fora e levando além de fama para a maravilhosa Dua Lipa, também esta levando as três regras básicas para o empoderamento feminino, esse clipe é incrível e merece muito ser assistido pois durante as cenas demostra também algo que é muito importante que é a sororidade feminina, segue abaixo o clipe e não se esqueça “One, don’t pick up the phone”…

3- Girls Just Wanna Have Fun (Cindy Lauper)

A terceira escolhida é um hit dos anos 80 que até hoje é lembrado por sua letra, em seus versos Cindy Lauper fala da liberdade feminina, de poder não se prender a ninguém e viver sua vida se divertindo independentemente.

4- That’s my girl- Fifth Harmony

Essa música traz versos que incentivam as mulheres e mostra que apesar de tudo podemos ser super-poderosas.

5- Power- Little Mix

A música power é um dos lançamentos de 2017 da misturinhas mais amáveis que conhecemos, no clipe e em sua letra elas prezam pela sororidade feminina dizendo em seus versos que apesar da diferença que temos uma das outras, seja você uma funkeira e a outra garota uma roqueira, isso não impede de como mulheres nos possamos juntarmos para unir e fazermos a Força (Power)!

6- Can’t Hold Us Down- Christina Aguilera

A última da nossa playlist feminina é da diva master Christina Aguilera, esse clipe maravilhoso dos anos 90 ou 2000 hahha, não me lembro agora, mas voltando… neste clipe a personagem sofre um assédio sexual e começar a cantar e convocar todas as mulheres para não se calar e não deixar isto passar em branco, ela traz aspectos de empoderamento feminino e também de sororidade feminina, a letra é maravilhosa pois também se impõem ao machismo. Pra terminar esse papo só podemos dizer que a Christina arrasou nessa música né, bora cantar girls! Pois Can’t Hold Us Down!

 

Então…

Gostaram da playlist? Sentiram aquele gás pro próximo post do #psiquewoman?

Eu espero que sim e volto na semana com dois posts, um sobre a nossa série #psiquewoman e um especial de dia das crianças.

XOXO

ALANA

 

Anúncios

Psique WOMAN, o que é isso?


Olá Pessoas!

Como vocês sabem este mês de Outubro é o mês do famoso Outubro Rosa e devido este mês  ser um mês Rosa, cor da qual remete as mulheres eu resolvi fazer uma série de posts relacionados a psicologia e a saúde mental da mulher,  que será uma série de posts da qual eu irei batizar de Psique WOMAN, então se você se interessa sobre isso, fique atento aos posts por aqui, que começaram a ser liberados a cada fim de semana.

Espero que vocês gostem e sinta-se interessados por esse tema tão importante  que é sobre tratar da saúde mental das mulheres!

Até o próximo post!

 

 

1° de outubro: Alerta “Câncer de Mama”


Olá pessoas

Hoje é primeiro de Outubro e como se faz anualmente, este mês é conhecido como mês Rosa devido as diversas campanhas contra de o Câncer de mama.  E como o câncer de mama mata milhares de mulheres todo o ano, é nossa dever te alertar!

Segue abaixo um texto da querida prof. Rosi Feliciano do blog http://dieta.blog.br/ nos informando tudo sobre isso!
Outubro Rosa

Cerca de 25.000 casos de câncer de mama são diagnosticados anualmente, ou seja, em cada dez mulheres, uma vai sofrer com essa doença.

Embora seja um tipo de câncer que está associado muito mais às mulheres, a verdade é que os homens também podem sofrer, embora em uma porcentagem muito menor: um de cada 60.000.

Nos últimos tempos tem havido uma descoberta prematura da doença e por isso a mortalidade tem diminuído nos casos de câncer de mama.

Um dos fatores que tem ajudado na descoberta prematura é a campanha do Outubro Rosa, que mostra as formas de prevenção e dá maior visibilidade a doença, fazendo com que as pessoas fiquem mais atentas aos sintomas e suas prevenções.

Existem estudos que mostram que a cura vem aumentando desde 1999, de 71% para 85%.

Como posso detectar o câncer de mama?

Como regra geral, o câncer de mama geralmente é detectado em exames de rotina estabelecidos para tal controle ou por autoexame, dos quais a mulher pode notar um nódulo no peito e muito dificilmente o câncer de mama dói por isso é muito importante que as orientações de prevenção sejam seguidas.

Deve ficar claro que o autoexame de mama não é um método de diagnóstico, mas uma forma de prevenção.

É aconselhável para as mulheres que estão menstruando apalpar os seios uma vez por mês, geralmente no sétimo dia após o início da menstruação.

Isso ajuda com que as mulheres conheçam seus seios, facilitando a detecção de qualquer tipo de anomalia, desde que seja visível ou palpável.

As mulheres que já não têm menstruação também devem realizar esse autoexame, além de realizar mamografias regulares a cada dois anos, se tudo estiver bem.

Maneiras para prevenir câncer de mama

Auto Exame Cancer de Mama

Quanto à prevenção deste tipo de câncer devemos deixar claro, o câncer não pode ser prevenido de forma absoluta e individual.

Você pode fazer ações preventivas de câncer de mama, ou seja, as pessoas podem atuar para diminuir a incidência ao nível da população.

O médico recomenda usar esses métodos para prevenir o câncer de mama:

1 – Coma adequadamente seguindo a dieta mediterrânea: consumir frutas, aumentar o consumo de legumes, cozinhar com azeite, aumentar o consumo de fibras e reduzir a carne vermelha e gordura.

2 – Faça mamografias regularmente. É aconselhável fazer a partir dos 45-50 anos, além dos autoexames mencionados anteriormente, que devem ser realizadas a partir dos 18 anos de idade.

3 – Evite hábitos nocivos, como fumar ou abusar de bebidas alcoólicas, moderando a ingestão sempre que possível.

4 – Faça exercícios físicos regularmente, sempre se adaptando à idade e a situação da pessoa. Não vá mudar toda sua rotina de sedentarismo do zero, comece aos poucos e respeite os seus limites.

Começar devagar permite que a prática de exercícios se torne uma rotina, ajudando não só na prevenção do câncer, mas também melhorando muito a sua saúde e disposição.

5 – Os médicos enfatizam que o exercício deve ser realizado como medida preventiva e também depois que a pessoa passou pelo tratamento de câncer. Mas lembre-se sempre de consultar seu médico para saber suas limitações.

6 – Conheça seu risco. Informe o seu médico se você tem membros da família que tiveram câncer de mama, especialmente uma mãe ou uma irmã, e se eles tiveram câncer de mama antes de chegarem à menopausa porque seu próprio risco de câncer pode ser superior à média.

Algumas mulheres de alto risco podem ser recomendadas a ressonância magnética anual, além de uma mamografia de triagem.

7 – As mulheres precisam estar conscientes de quão importante é levar a sério esta série de comportamentos, já que, em longo prazo, podem ajudar a prevenir um grande problema.

São precauções simples e que podem definir o seu futuro em relação ao câncer de mama. Quanto mais cedo descoberto maiores são as chances de serem tratados com muita eficácia.

Cuide sempre da sua saúde, ela é um bem muito precioso.

Assista o vídeo: Dicas para prevenção do câncer de mama – Outubro Rosa

Prevenir aumenta 90% de chances de cura.

Psicólogx, um Super-Herói?


O que vêm a sua cabeça quando você imagina um Super-Herói?

Um personagem dos quadrinhos? Um bombeiro salvando vidas durante um incêndio? Ou um médico clínico numa ala de emergência?

Não que esses exemplos que vem a nossa mente em primeira instância não sejam o significado de um super herói, mas você já pensou que este herói muitas vezes se disfarça e atua salvando vidas como psicólogo?

No dia 27 de agosto foi o dia em que a Psicologia completou 55 anos de regularização como profissão no Brasil, e muitos adjetivos são atribuídos a esta profissão quando citamos seu nome no senso comum.

Adjetivos que falam que o psicólogx faz o papel de “amiga” (já que muitas vezes é confundido como um mero conselheiro e escutador), adjetivos atribuídos relacionados ao papel de uma “mãe” que em muitos casos é quem auxilia e ajuda a todos, e por aí segue interpretado como pai, tio, primo e até o vizinho.

Mas se têm uma característica que é tipíca do psicologx mas que normalmente ninguém atribui a ele  é o de Super-Herói!

Eu confesso que jamais imaginei o profissional de Psicologia neste sentindo mesmo tendo sido salva e sendo salva diariamente por esta profissão e por um profissional desta área.

O trabalho do Psicologx não é fácil!

E em tempos de crise esse trabalho que muitas vezes não têm o tamanho de valorização merecida devido ainda existir tamanho preconceito relacionado a saúde mental já que tratar disso ainda é visto como algo só para loucos, o trabalho da Psicologia perde ainda mais seu valor.

O curso de Psicologia têm a duração de cinco anos.

Cinco anos onde os alunos, futuros psicólogxs, trabalham arduamente com diversos textos, matérias, horas complementares, palestras que se encontram do outro lado da cidade com (custos) elevados, estágios não renumerados, além de provas, trabalhos e seminários que bombardeiam a sua agenda.

Isso que eu citei acima é só o preparamento diário deste Super-Herói, que quando se forma muitas das vezes diariamente luta para tirar vidas da depressão profunda, pessoas da tentativa de suicídios, crises de ansiedade, de relacionamentos abusivos, traumas enraizados na vida e de surtos psicóticos que tiram o chão do paciente e também de sua família.

Poxa!

Lidar com tudo isso não deve ser fácil, estudar para compreender e intervir em vidas com o propósito de salvá-las e em muitos casos mais delicados ter esse caso tocando subjetivamente dentro do seu ser (já que também somos humanos), não é para qualquer um!

Esse trabalho tão cuidadoso e tão importante só pode ser realizado por um super herói, e por isso que no dia-a-dia dentro do mundo afora em diversos consultórios os psicólogxs se encontram lá para mais um dia, lutar por vidas e salvá-las.

super

Survivor


Outro dia estava eu lá no Facebook e de repente aparece um post maravilhoso de uma página super poética que se chama Às vezes Fada Às vezes Bruxa , vou dar um print neste post que se encontra lá na página porque acredito que compartilhando ele fica mais fácil de compreender sobre o que eu irei falar.

whatabout

E ao ler este post que se encontra aí em cima ele me remeteu a minha história de vida;

Sim, apesar de possuir apenas 20 anos (em 18 dias 21 anos), eu já tenho uma história de vida para contar, uma história da qual como diz acima “caminhei muito para chegar até aqui”.

Outro dia novamente uma amiga minha (que sempre faz isso) veio me relatar novamente mais um dos interminavéis capítulos do relacionamento abusivo dela, e quando ela me contou, durante o tempo que eu  pude escutar ela passou pela na minha cabeça toda a minha história, passou pela minha mente naquele momento lembranças da Alana que achava que ciúmes excessivo era demonstração de amor, da Alana que preferia compartilhar aquele cara abusivo com outras garotas do que viver sem ele, daquela Alana que quando ele queria terminar e dava um motivo baseado em mim se acabava de chorar e se acabava de humilhar, daquela Alana que foi um dia dependente emocional e que jamais imaginaria a mulher, a pessoa, o ser humano que tudo isso fez ela se tornar hoje.

Nessa minha amiga que sempre me conta sobre este relacionamento abusivo que ela vive mas que não consegue se livrar porque sua autoestima baixa não deixa, porque sua carência não aceita, porque a depenência emocional não permite ela largar isso pra lá é a garota que um dia eu fui.

Mas sabe a diferença que essa minha amiga têm em relação a essa Alana que um dia eu fui?!

Essa Alana ansiava por mudar,

Ela ansiava por deixar tudo pra lá e nunca mais aceitar que alguém pudesse usar de joguinhos psicológicos, humilhação e falsas demonstrações de amor se empoderar dela.

Não foi fácil ver tudo isso

A paixão me cegava, a carência me segurava e muitas das vezes eu não queria enxergar ou admitir que eu estava em um relacionamento abusivo e que como muitas mulheres a fora não sabem são MADA’S ( Mulheres Que Amam Demais)

Mas quando fui humilde e permitir que fosse ajudada, quando enxerguei que com a ajuda de outra pessoas eu poderia sair mais rápido disso, eu fui atrás de livros, forúns, casos, relatos e ajuda de pessoas que passaram por isso e que saíram vitoriosas para me guiar.

Com isso eu entrei em grupos no facebook

Eu procurei fazer amizade e participar também de grupos no whatsapp

Eu passei a ouvir e também a me indentificar com as demais histórias e acima de tudo eu fui ler sobre assunto para através desta leituras, destes relatos e da ajuda com ambas mulheres que passavam por tudo aquilo como a mim pudesse me levar ao caminho do que eu me tornei hoje.

Graças a Deus

Graças a Natureza

Graças aos anjos

Graças ao que você possuir fé, e através disto eu aprendi a possuir fé em mim mesma e na sororidade feminina eu pude chegar lá

Então se hoje você é uma mulher que ama demais, uma mulher que se encontra em um relacionamento abusivo e reconhece que precisa de ajuda, vá em busca disto…

Não importa se é com um profissional especializado, como um psicólogo, com um psiquiatra, se é através de fóruns, se é no Facebook, se é com suas amigas durante uma conversa no bar ou no Whatsapp, vá em busca da sua estabilidade mental, da sua saúde e principalmente do seu valor como pessoa, como Mulher que pode e que vai  caminhar em busca disso como uma SURVIVOR (sobrevivente) de toda essa dor…

Por isso as mulheres que passou por isso, que esta passando, e que irá passar por este caminho Keep on Surviver

 

OBS: ESSA MÚSICA É DA DESTINY CHILD E FOI REGRAVADA PELA CLARICE FALCÃO, SE VOCÊ NÃO CONHECIA VALE MUITO A PENA CONHECER E SE VOCÊ NÃO ENTENDE A LETRA EM INGLÊS VALE A PENA DAR UM GOOGLE E FAZER DESSA MÚSICA UM HINO!

Sobre voltar a escrever no blog


Olá sumidas!

Hhaha desculpa a brincadeira porque eu sei que eu que estou sumida né

Pois é mores, não seremos adolescentes pra sempre e a vida adulta nos chama…

Muitas garotas como a mim possuem o blog apenas por hobby, e por um momento na minha vida, quando decidir cursas Psicologia, quando percebi que havia encontrado a profissão que gostaria de ter na minha vida, confesso que eu achei que isso pudesse me atrapalhar

Mas atrapalhar como?  Atrapalhar em relação a dedicação que tenho que voltar aos estudos, aos trabalhos e livros que nos encarrega a faculdade.

Sim, eu achei que não daria conta disso tudo

Mas de volta aqui e agora pensando bem, porque eu não poderia continuar com o blog?

O que acontece que quando você começar a blogueirar você geralmente se excita com parcerias, propostas, e quer de alguma maneira alcançar o nível que se encontra Camila Coelho, Taciele Alcolea e muitos outros e começa deixar suas obrigações em busca deste grande hall, o topo onde se encontra os influenciadores digitais.

Mas se isso despertar a nossa ambição o certo seria era tentar estudar coisas relacionadas a essa área, que a moda, a publicidade o jornalismo e demais carreiras. Infelizmente essa não é a minha grande paixão e não é o que eu me imagino me fazendo pelo resto dos meus dias mas não é porque o blog envolve características como estas que eu tenho que deixar de lado este hobby que também é uma paixão!

Outro dia durante uma aula eu ouvir a professora falar que adora saber quando seus alunos articulam junto da psicologia essas outras paixões e muitas foram citadas, havia pessoas que se dedicavam ao balé, ao teatro, a maquiagem e nem pela escolha de estudar Psicologia elas deixaram isto de lado!

Então inspirada nas demais pessoas e no prazer que escrever por aqui me garante

Here i am indo com tudo!

HAHAHA

Na mais nova tentativa de conciliar na minha vida minhas duas paixões, e largar a tentativa de alcançar um patamar que não coincide com os planos que tenho pra minha vida

Então espero que vocês tenham se alegrado de saber que estou de volta com os posts e que eu gostaria de saber sobre vocês que também vivem esse dilema como a mim, de achar que uma coisa excluí outra e como você fazem para conciliar isto em suas vidas?!

Espero comentário de vocês

Até o próximo post

XoXo

Alana

 

 

 

 

Playlist “Indiretas pro Crush”


Olá Pessu!

Quanto tempo desde a última playlist n é?

Pois bem, apesar da demora, aqui estou de volta pra fazer uma playlist pra você chavecar aquele crush que você tanto almeja, ou até mesmo dá uma acordada naquele boy que não sabe tão bem ainda dos seus feelings por ele.

Então aperte o play aí, porque essa playlist pode te ajudar e MUITO!

1- Let me love you- Justin Bieber feat DJ Snake

Essa música que tá no auge do sucesso, n serve somente pra você se acabar de dançar, olha esse trecho aqui, e me diz que se essas palavras não podem ser certeiras no core do bofe!

“Don’t you give up, nah-nah-nah

I won’t give up, nah-nah-nah

Let me love you”

2-Mario- Let me love you

De o melhor som de R&B que você conhece e respeita pro fundo do coração do mozão, se liga nesse verso aqui, que você vai arrasar corações!

You should let me love you
Let me be the one to give you everything
you want and need
Baby good love and protection
Make me your selection
Show you the way love’s supposed to be
Baby you should let me love you”

3-Ariana Grande feat Lil Wayne- Let me love you

Da garota mais perigosa, uma dica pra você definitivamente virar uma ladra e roubar o coração do crush. Deixe exaltar o seu lado “dangerous woman” com essa parte aqui.

“And if it feels right, promise I don’t mind

And if it feels right, promise I’ll stay here all night

Just let me lo-o-o-o-o-o-o-love you, you…”

 

E aí? Gostaram?

Espero que sim e até a próxima!

XoXo

Música sobre Ourselves


Olá Pessu’s do mundo todo, que mesmo com o blog estando parado a um tempão continuaram visitando aqui e vendo os post’s, muito obrigada!

Bem o post de volta hoje vai ser sobre Yourself( você mesmo!) ou Myself( eu mesma), o jeito que você quer chamar fica a seu critério.

É uma playlist de músicas que falam sobre o seu eu, as mudanças, o que você enfim deseja pra você (nesse ano que chegou eu decidir voltar toda a minha atenção pra mim, então uma playlist desse jeito me dar gás e inspiração pra cuidar de mim mesma, ir atrás do meus objetivos e sonhos para realizá-los) Por isso se você se encontra na mesma vibe que a mim, aqui vai essa playlist pra você!

E assim termina a nossa primeira playlist do ano de 2017!
Compartilhe, curte e comente se você gostou!

XoXo
Alana

New Addiction: Assinaturas em Neon


Olá Amores e amore?!

Hoje eu vim aqui pra compartilhar com vocês um novo vício: As assinaturas em Neon.        Por todo o pinterest, we heart it e tumblr, têm se visto essas plaquinhas bonitinhas brilhantes que me deixam encantada, geralmente com alguma frase de impacto elas estão espalhados por todos os lugares na internet world, além das street styles nas lojinhas, nos comércios…                                                                                                                                                          Bem, chega de blá blá e vamos lá!

a183323f80cb8929c1a032998d139e5e

tumblr_nafkugSJUi1tiab8go1_500

love-with-heart-o-neon-sign

tumblr_nxd3touI1F1ukdlcoo1_1280

tumblr_nxpdufzQ8Z1ukdlcoo1_1280

American Sign Museum 06

Lembra quando eu citei que eles estão em todos os lugares da cidade? Então é um amor não é? Agora bora espalhar essas luzinhas por toda a blog esfera.

Espero que tenham gostado.

 

Playlist da semana: Músicas com o tema “HOME” (lar)


Olá amores e amoras!

Hoje o blog traz uma playlist muito fofa, com músicas que se referem a “lar”, e na maioria das letras que eu ouvir a palavra”lar” traz a expressão de um coração, um coração só seu, onde você se encontra  e lá deseja estar. Então vamos a essa playlist apaixonante pra você que deseja uma “Home” e também pra você que já têm a sua “Home”♥

home

1- Gabrielle Aplin- Home
{…Porque dizem que lar é onde seu coração está gravado na pedra
É onde você vai quando está sozinho
É onde você vai para descansar seus ossos
Não é apenas onde você deita sua cabeça
Não é apenas onde você faz sua cama…}

2-John Mayer- Face to call Home
{…Pouco a pouco
Centímetro por centímetro
Nós construímos um pátio com um jardim no meio
Não é muito
Mas é um começo
Você me fez balançar junto
Com a canção de seu coração
E um rosto para chamar de lar
Um rosto para chamar de lar
Você tem um rosto para chamar de lar…}

3-Edward Sharpe & The Magnetic Zeros- Home
{…Ahh Casa. Deixe-me voltar para casa
Casa é onde eu estou com você
Casa Ahh. Deixe-me ir ca-ha-asa
Casa é onde eu estou com você

La, la, la, la, me leve pra casa
Mãe, estou voltando para casa…}

4-Michael Bublé- Home
{…Outro dia de verão
Que vem e vai embora
Em Paris e Roma
Mas eu quero ir pra casa
Talvez esteja cercado de
Milhões de pessoas
Ainda me sinto sozinho
Eu apenas quero ir pra casa
Sinto sua falta, você sabe…}

5-One Direction- Home
{…E está tudo bem
Chamando por alguém para abraçar esta noite
Quando você está perdido, você vai encontrar um jeito
Eu serei sua luz
Você nunca vai se sentir como se estivesse sozinho
Eu vou fazer com que isso te faça sentir em casa…}

E então se identificaram com as letras? Espero que sim!

XoXo